Notícias

Dialogue between Patriarchates of the Orthodox Church

Ucrânia – Transpondo as divisões através do diálogo

terça-feira, 8. Maio 2018

Na Ucrânia, Iniciativas de Mudança é conhecida oficialmente como Bases para a Liberdade. O F4F, como é frequentemente chamada, está enfrentando alguns dos desafios mais difíceis do país. Três de seus líderes escrevem sobre isso:

Angela Staravoytova leading a training session

Bases para a Liberdade está trabalhando na prevenção de conflitos e no diálogo através de métodos de comunicação não violenta. Temos facilitado numerosos seminários, treinamentos e diálogos em cooperação com as Nações Unidas e outras organizações.

A guerra no leste da Ucrânia obrigou 1,7 milhão de residentes das áreas não controladas pelo governo no leste da Ucrânia e na Crimeia a se mudarem para outras regiões da Ucrânia. Muitas vezes, há tensões entre esses “deslocados internos” (DIs) e as comunidades que os recebem. Nossa Rede de Facilitadores de Diálogo, criada por meio de atividades do F4F, está trabalhando nessas comunidades para incentivar a compreensão, a paz e a coerência social. Nos últimos quatro meses, como parceiro executivo da Organização Internacional para Migração, realizamos 78 treinamentos em 20 regiões da Ucrânia.

No ano passado, trabalhamos com o Serviço de Migração do Estado em um projeto que visa “transformar a Ucrânia em um lugar mais tolerante e amigável para refugiados e requerentes de asilo”. Desenvolvemos uma estratégia de prevenção de conflitos para seus funcionários, com foco especial na xenofobia, e conduzimos duas oficinas e seis reuniões de grupos focais. Desde então, apoiamos o trabalho deles com DIs.

Também facilitamos o diálogo entre os diferentes Patriarcados da Igreja Ortodoxa da Ucrânia (veja foto no topo), um projeto iniciado e apoiado pela Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) por meio de seu Escritório para Instituições Democráticas e Direitos Humanos.

Juntamente com outros facilitadores de diálogo e mediadores, criamos um curso on-line “Como efetivamente organizar e executar um diálogo”, e realizamos treinamentos off-line de acompanhamento para graduados. Isto também foi apoiado pela OSCE.

History begins in the family - visit to Auschwitz

Outro projeto foi “A história começa na família”, conduzida em cooperação com a Fundação Friedrich Ebert. Nos últimos nove meses, reunimos 25 jovens alemães, ucranianos e poloneses em três conferências – primeiro na cidade ucraniana de Lviv, depois na cidade polonesa de Oświęcim (Auschwitz) e, por último, na cidade alemã de Oldau (próxima de Bergen-Belsen).

O objetivo é aprender lições do passado e descobrir o papel das feridas não cicatrizadas na formação do que está acontecendo hoje. Cada participante explorou sua história familiar por meio de entrevistas em vídeo com membros mais velhos da família, e essas memórias ajudaram a entender as relações entre nossos países. Queremos ajudar as nossas comunidades a desenvolver uma compreensão dos valores fundamentais dos quais a sociedade depende e promover as tradições democráticas e a cooperação internacional.

Olena Kashkarova in Chernihiv

Várias organizações, incluindo a Fundação Konrad Adenauer, subsidiaram a participação da Ucrânia em fóruns em Caux, o centro de conferências de Iniciativas de Mudança na Suíça. Isso tem sido de imensa ajuda no desenvolvimento desta rede.

Oleh Ovcharenko, Diretor Executivo, Bases para a Liberdade, Ucrânia
Angela Starovoytova, coordenadora do projeto
Olena Kashkarova, membro do Conselho, Iniciativas de Mudança Internacional

Tradução por Paulo Zanol