Sobre nós

View from terrace at Caux

Painel de Veteranos

Apoiando a rede mundial de Iniciativas de Mudança e o Conselho Internacional

Painel de Veteranos

O Painel Internacional de Sêniors ou Veteranos foi formado na consulta global de 1999, na África do Sul, na mesma ocasião da formação do Conselho Internacional de Iniciativas de Mudança.

O mandato dos sêniors visa a ser um "órgão de recurso" informal para apoiar a rede mundial de Iniciativas de Mudança e do Conselho Internacional.

O Painel de Sêniors será composto de 8 a10 indivíduos com uma grande experiência em compreensão e cuidado, da rede mundial de IdeM e associados; um bom equilíbrio de diversidade e capacidade de oferecer conselhos. Os sêniors exercerão o cargo por período não superior a cinco e não inferior a dois anos. Novos membros serão selecionados por um processo de nomeação, aberto aos associados a IdeM e em conjunto com o Conselho Internacional.

Os sêniors podem trabalhar e se pronunciar como indivíduos ou como um grupo, mantendo a confidencialidade em assuntos colocados diante deles, mas tendo a liberdade de discutir com outros sêniors, a menos que o sigilo seja requerido.

Contate os veteranos aqui

Evelyn 'Randy' Ruffin (EUA) (Convocadora de Sêniors)

Randy cresceu na Virgínia, no campus da escola para meninos, onde seu pai era diretor. Ela ganhou seu diploma de Bacharel em Antropologia pela Vassar College, em Nova York e, em seguida, fez um ano de pesquisa na Escola de Economia de Londres.

Ter tropeçado em uma revista sobre o trabalho de IdeM, então Rearmamento Moral, em sua biblioteca da faculdade, causou-lhe espanto quando seu namorado escreveu a ela de Oxford sobre o seu próprio contato transformador com indivíduos envolvidos com o programa. Intrigada com a mudança naquele homem – Dick Ruffin – quando ele retornou de seu primeiro ano no Reino Unido, Randy decidiu explorar IdeM por si mesma enquanto estava na Escola de Economia de Londres. Ela ficou profundamente impressionada com as pessoas que estavam tão envolvidos na vida e necessidades de seus países e que colocavam em prática tudo aquilo em suas próprias vidas. Além disso, ela conheceu um notável grupo de jovens indianos de diferentes religiões, castas, classes econômicas e educacionais que havia criado um show musical dando evidência de como os indianos poderiam trabalhar juntos para superar as divisões e corrupção para atingir o desenvolvimento que seu país precisava. Como resultado, ela foi para a Índia no Outono de 1966 e tem trabalhado com IdeM desde então.

Ela e Dick se casaram em 1970 em Washington e, depois de um ano, durante o qual ele completou sua missão no Pentágono, passou três anos com IdeM na Europa. Desde então, eles têm vivido nos EUA, onde Randy e Dick trabalharam em Richmond por seis anos e, em seguida, mudaram-se para Washington, onde se hospedaram no centro de IdeM por 27 anos. Randy também editou o boletim de notícias dos Estados Unidos e serviu como Diretor para o Programa Caux Scholars e como presidente. Ela e Dick têm dois filhos adultos, Catherine, uma especialista em comportamento, que é casada com Sven Lancaster e vive na Austrália com seus dois meninos, e David, um ministro Unitarista, que está em uma grande igreja em Tulsa, Oklahoma.

David Alan Curtis (UK)

David Curtis

David Curtis tem 67 anos de idade e é Consultor de Negócios aposentado especializado em Colaboração e Cooperação de Equipe. Ele trabalhou nesta área por mais de 15 anos, tanto no Reino Unido como em outras partes do mundo, nos setores público e privado, como Diretor do JCP Consultoria, e ultimamente como Diretor Gerente da Allium Consulting Ltda, com sede em Sheffield, e obteve muito sucesso e créditos em grandes projetos.

No início da carreira, no final dos anos 60 e início dos anos 70, David trabalhou para The House of Fraser como comprador para a Rede de Lojas Harrods Provincial. Ele se juntou a essa rede ao sair da Escola Sheffield Grammar na idade de 16 anos, e completou a sua educação superior no Sheffield Polytechnic.

David conheceu Iniciativas de Mudança (RAM) pela primeira vez quando estava servindo como presidente eleito da Câmara de Comércio de Sheffield, há mais de 35 anos atrás. Ele já esteve envolvido em muitas iniciativas globais de IdeM desde então.

Durante os últimos 20 anos ou mais, além de seu trabalho profissional pago, David tem viajado para a Europa Oriental – em particular para a Ucrânia – com o Programa Fundações para a Liberdade (F4F), de IdeM, trabalhando com estudantes e jovens políticos na construção de equipes de jovens nessa região e que agora formam uma presença importante em seus círculos comerciais e acadêmicos locais e no governo local e nacional. Ele foi membro fundador do F4F e tem servido como membro da comissão desde então, além de sempre estar envolvido na execução dos programas. Ele viajou para a Ucrânia bem mais de 30 vezes durante esse período e continua a fazê-lo.

Cristão, David está muito envolvido nas atividades da igreja, além de ter muitos outros interesses. Ele foi casado com Judith por 48 anos e ela sempre foi uma grande incentivadora e colaboradora em todos os caminho que ele escolheu tomar na vida. Seu filho, Christopher, e filha, Helen, ambos casados, deram-lhes cinco netos maravilhosos. A base de IdeM de Curtis é em Sheffield.

Rajendra Gandhi (Índia)

Rajendra Gandhi

Rajendra Gandhi deparou-se pela primeira vez com as ideias de IdeM em 1967, enquanto prosseguia com o seu curso de engenharia no Instituto Indiano de Tecnologia (IIT-Mumbai). Desde então, ele tem estado intimamente associado com IdeM Índia em vários aspectos.

Após completar sua graduação em engenharia, Rajendra promoveu em 1974 uma empresa de reciclagem de pneus velhos e outros restos de borracha, em borracha reutilizável, uma matéria-prima útil. A empresa GRP Ltda hoje é considerada uma das principais empresas de regeneração de borracha global, que recicla anualmente mais de oitenta mil toneladas de sucatas de borracha em matéria-prima útil para o fabrico de uma variedade de novos produtos de borracha. Rajendra é o atual Presidente e Diretor Gerente da GRP Ltda, que tem um volume de negócios anual de mais de US$ 55 milhões de dólares.

Rajendra serviu no Conselho da Fundação Amigos do Rearmamento Moral (Índia) por mais de 15 anos.

Rajendra é um jovem de 65 anos e vive com sua esposa Nayna em Mumbai. Eles têm três filhos e cinco netos.

Rajendra também está intimamente associado a vários institutos educacionais na Índia. Ele gosta de ler textos espirituais, particularmente sobre Jainismo.

Maria del Corral (Colômbia) (Co-convocadora)

Maria del Corral

Maria del Corral nasceu em Bogotá, Colômbia, em 1957. Seus pais se interessaram pelo trabalho de Iniciativas de Mudança (IdeM) nos anos 60, quando Maria era ainda menina, e foram anfitriões de um casal holandês, Peter e Digna Hintzen, durante suas primeiras visitas à Colômbia como parte da equipe de IdeM.

Em 1976, Maria foi estudar (nível A) em um colégio de Oxford e morou por dois anos com outro casal de IdeM, Brian e Juliet Boobbyer, participando de encontros com estudantes em Oxford. Ela encontrou esperança e inspiração para a direção de sua vida ao ver pessoas que estavam tão empenhadas em viver uma vida com um propósito maior e cujas vidas realmente mostravam a realidade de seus ideais.

Ela passou a estudar agricultura na Universidade de Reading, no Reino Unido. Sendo uma mulher da cidade e filha de um intelectual bastante excêntrico, seu interesse pela agricultura decorreu de uma combinação de seu amor pela natureza e sua profunda preocupação com a estrutura social devastada da Colômbia.

Depois de se casar, em 1988, e dando a luz a duas filhas, Maria tornou-se gerente geral de uma empresa elétrica de produção familiar, liderando uma equipe entre 60 e 100 funcionários, a maioria mulheres. Durante aqueles anos desafiadores, ela fez o melhor para manter seus valores em um ambiente adverso. O exemplo de seus pais e dos casais de IdeM com quem ela havia convivido, deu-lhe forças e permitiu que ela percorresse por várias estradas difíceis, o que pôde ser resumido em colocar os valores humanos antes do lucro. Surpreendentemente, descobriu que essa abordagem tende a aumentar o lucro, e não a diminuí-lo.

Em 2008, ela deixou seu trabalho como gerente para se tornar Treinadora profissional e tem trabalhado como profissional independente desde então, incluindo entre seus interesses o desenvolvimento de um pequeno projeto agrícola perto de Bogotá, além de sua devoção sempre presente à arte como pintora.

Atualmente, Maria faz parte de uma equipe de IdeM em Bogotá, apresentando mensalmente oficinas sobre diversos assuntos, além de participar de outras iniciativas relacionadas à reconstrução da estrutura da sociedade colombiana devastada por mais de 50 anos de guerrilha interna.

Nombulelo Khanyile (África do Sul)

Nombulelo Khanyile

Nombulelo cresceu na província do Cabo Oriental na África do Sul e é graduada em Ciências pela Universidade Fort Hare. Ela tem 64 anos e tem três filhos e três netos. Joga tênis e é membra do coro universitário.

Em 1974, Nombulelo teve a oportunidade de participar de uma conferência de IdeM em Caux, na Suíça. Após a conferência, ela decidiu trabalhar em tempo integral com IdeM e pôde viajar e trabalhar no Reino Unido, EUA, Canadá, França, Holanda, Zimbábue e Namíbia.

De 1980 a 1982, Nombulelo voltou ao Reino Unido com o marido Vusi, que havia ganhado uma bolsa de estudos de três anos na Universidade de Birmingham. Durante o último ano no Reino Unido, ela se diplomou em uma pós-graduação em estudos urbanos e regionais. O seu retorno à África do Sul foi durante um difícil momento político. Vusi, um ativista político, entrava e saía da prisão por períodos variados, sendo o mais longo, por dois anos. Isso colocou muita pressão sobre a família e o casamento, e em 2001 eles se divorciaram.

Em 1998, Nombulelo decidiu dedicar mais tempo a IdeM. Em 2000, ela representou IdeM-SA na Consulta Global na Índia e no ano seguinte participou do Global Hoho na Índia junto com sua filha Ndoni. Um dos resultados do Global Hoho foi o nascimento do Programa de Treinamento de Liderança Campanha África Limpa. O programa piloto aconteceu no Quênia em 2003. Mais tarde, o programa tornou-se o Programa de Treinamento de Liderança de Harambee, que ocorreu na África do Sul, Gana, Etiópia e Nigéria.

Paralelamente ao seu trabalho com IdeM, Nombulelo foi gerente de Ligação da Comunidade com FHA Homes, mantendo contato com organizações comunitárias, sindicatos e grupos parlamentares. Ela também foi Diretora de Recursos Humanos do Nedcor Bank, um dos quatro principais bancos da África do Sul, auxiliando na transformação do banco. Como empreendedora, ela começou seu próprio negócio de salão de beleza, 'Hair Afrique', de 1996 a 1999.

Em 2006, Nombulelo foi eleita para o Conselho Internacional e serviu por seis anos. Ela esteve no Grupo de Coordenação da África (ACG) por sete anos. Ela diz que a ACG abriu seu coração e a ajudou a amar o continente africano.

Andrew Stallybrass (RU/Suíça)

Andrew Stallybrass

De origem britânica, em Liverpool, em 1948, ambos os pais de Andrew estavam envolvidos no MRA. Desde 1967, Andrew Stallybrass trabalhou em "tempo integral" com MRA, para começar, em alguns dos shows itinerantes, Pitié pour Clémentine e “Anything to Declare”. Por muitos anos, ele fez parte da equipe contábil e de planejamento das conferências internacionais de Iniciativas de Mudança (Rearmamento Moral) em Caux, na Suíça, na maioria das vezes trabalhando com relações públicas para o Centro, em Caux. Ele também trabalhou na produção de relatórios e programas de conferências, bem como escreveu boletins semanais de Caux durante as conferências de verão.

Em 1980, ele se casou com Eliane Maillefer. Eles não têm filhos. De 1984 a 2014, eles viveram em Genebra, e Andrew agora tem dupla nacionalidade, britânica e suíça. Em 2014, eles se mudaram para viver em Caux, no Chalet de la Patinoire. Andrew é Diretor Gerente da Editora Caux, a pequena editora internacional ligada a Iniciativas de Mudança. Ele também é escritor independente e jornalista. Ele tem sido um pregador leigo na Igreja Reformada de Genebra, e foi ativo por muito tempo na Plataforma Inter-Fé de Genebra. Ele possui um certificado de pós-graduação, especialização em teologia, pela Universidade de Genebra.

Dr. Visier Sanyü Meyasetsu (Austrália/Índia)

Dr Visier Sanyü Meyasets

Visier nasceu e cresceu na vila Khonoma em Nagaland, no nordeste da Índia. Ele conheceu IdeM em 1970, através de “Anything to Declare”, em Shillong. Este encontro com IdeM levou-o a um mundo muito maior do que ele jamais imaginou ser possível. Depois de se formar na faculdade de St. Joseph, em Darjeeling, ele viajou com Canção da Ásia por três anos em diferentes partes do mundo. Ele, então, viveu e trabalhou em Asia Plateau Panchgani por dois anos. Antes de se mudar para a Austrália, Visier era Chefe do Departamento de História da Universidade de Nagaland.

Visier tem vivido e trabalhado na Austrália nos últimos 20 anos especializando-se em trabalho com refugiados. Seu último cargo foi no Visão Mundial, como Diretor de Projeto para Bem-Vindo ao Meu Lar. Antes disso, ele trabalhou com o ACT para a Paz, Conselho Nacional de Igrejas na Austrália.

Visier tem um PhD em História e um Bacharelado em Teologia e está fortemente envolvido no movimento inter-religioso. Ele foi membro do Conselho Consultivo para o Parlamento das Religiões do mundo, em Melbourne, em 2009, e faz parte do Conselho de Administração do Centro Inter-Fé de Melbourne. Visier está profundamente envolvido nas questões indígenas. Ele tem se apresentado em vários fóruns internacionais, além de ser o porta-voz da delegação asiática do Grupo de Trabalho dos Povos Indígenas nas Nações Unidas, em Genebra, no Ano Internacional dos Povos Indígenas do Mundo.

Visier é casado com Pari, que atualmente atua como Coordenadora Internacional de Criadoras de Paz. Pari e Visier são os apresentadores do processo de Mudança Cultural e Estrutural em Armagh, o Centro Austrália-Pacífico para Iniciativas de Mudança. Eles têm dois filhos e uma filha.

Tradução por Paulo Zanol